Compartilhe

Roupa Nova faz show em João Pessoa com sucessos de quase 40 anos

Por G1 PB    Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019


O grupo Roupa Nova faz show em João Pessoa no dia 30 de abril, véspera de feriado. Os artistas vão apresentar, no Teatro Pedra do Reino, sucessos de quase 40 anos de carreira.

Os ingresso para o show podem ser adquiridos nas lojas Mioche, no Mag Shopping, ou no site Ingresso Nacional. Os preços das entradas variam de R$ 80 a R$ 200.

O Roupa Nova começou em agosto de 1980, quando seis rapazes que gostavam de tocar se uniram no Rio de Janeiro para se tornarem a banda mais antiga em atividade do Brasil com a formação original. O grupo coleciona hits, arrasta uma multidão de fãs por onde passa e esbanja carisma nos palcos.

Vencedores do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro, com o disco Roupa Nova em Londres, gravado em 2009 nos estúdios de Abbey Road na capital britânica, a banda acumula discos de ouro e platina.

Roupa Nova é formado por Paulinho (voz e percussão), Serginho Herval (bateria, percussão, violão e voz), Nando (baixo, violão e voz), Kiko (guitarra, violão e vocais), Ricardo Feghali (piano, teclado, guitarra, violão e voz) e Cleberson Horsth (teclado e vocais).

 

Show de Roupa Nova

 

 

  • Data: 30 de abril (terça-feira)
  • Local: Teatro Pedra do Reino, em João Pessoa
  • Horário: 22h
  • Ingressos: Plateia A: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia) | Plateia B: R$ 180 (inteira) e R$ 90 | Balcão: R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia)
  • Pontos de venda: Loja Mioche (Mag Shopping) e site Ingresso Nacional
« Voltar

NO SERTÃO

Abertas inscrições da chamada para a seleção de artistas visuais de Patos

NO SERTÃO

São João 2019 de Patos realiza concurso cultural de gastronomia

Veja também...

NA PARAÍBA

Homem acusado de estuprar crianças em escola particular do Recife é preso em Pombal

NA PARAÍBA

Esposa acusada de mandar matar o patoense 'Rei do Lixo' é condenada a 20 anos de prisão

PREOCUPAÇÃO

Flamengo vive mesmo cenário de 2017 e tenta evitar filme repetido na Libertadores