Compartilhe

Prefeito de São Mamede cancela festa de Carnaval e investirá em casa de acolhimento para pacientes com câncer

Por Assessoria    Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020


O prefeito Umberto Jefferson decretou que o município de São Mamede não terá festa de carnaval organizada pela prefeitura. O objetivo é reverter o que seria gasto com as festividades em obras e serviços.

Os recursos, neste 2020, serão revertidos para abertura de uma Casa de Acolhimento em João Pessoa para pacientes e parentes de pessoas com câncer que estejam em tratamento na Capital.

O prefeito citou os exemplos de 2019 e 2018 quando as verbas foram destinadas para perfuração de poços artesianos e para abertura da Casa de Apoio ao Estudante sãomamedense em Patos.

Veja o comunicado do prefeito Umberto Jefferson na íntegra.

"Decidimos cancelar novamente nossa prévia carnavalesca. Em 2018 revertemos o recurso para perfuração de poços artesianos e em 2019, destinamos a verba para abertura da Casa de Apoio ao Estudante Sãomamedense na cidade de Patos. Agora, em 2020, mais uma vez vamos utilizar os recursos em benefício de quem mais precisa e da coletividade, abrindo a Casa de Acolhimento em João Pessoa para os pacientes e parentes em tratamento de câncer ou doenças crônicas. Além disso, iniciaremos dia 17/02 o funcionamento da III Cozinha Comunitária no Complexo da Ação Social para disponibilizar o café-da-manhã e complementar o projeto em 100%. São Mamede será a única cidade a oferecer café, almoço e janta de forma gratuita aos mais carentes. Assim, estamos cumprindo mais dois pontos do nosso plano de governo, realizando sonhos e buscando melhorar a vida de todos."

« Voltar

BOA NOTÍCIA

Investimento de mais de R$ 1 milhão em obras transforma Desterro num canteiro de obras

NO SERTÃO

São José do Bonfim discute elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico

Veja também...

FESTA GRANDE

Prefeitura de Patos contrata empresa para realizar São João no 'Terreiro do Forró'

ELEIÇÕES 2020

Padres estão proibidos de se engajar na política nas eleições de 2020, diz bispo de Patos

NA PARAÍBA

Justiça nega indenização a mulher que teria traído companheiro na Paraíba