Compartilhe

Desfile de 7 de Setembro com tema 'Acreditamos no Brasil', chama atenção em São José do Bonfim

Por Assessoria    Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019


Na última sexta feira dia 06 de setembro, a prefeitura municipal de São José do Bonfim através das suas secretarias de educação e assistência social realizou mais uma grande “Caminhada Cívica”, em alusão ao dia 07 de setembro independência do Brasil.

Esse ano a Caminha veio com o tema “Acreditamos no Brasil”, e mostrou em seu desfile os pontos positivos e negativos do novo Brasil, e também a confiança que devemos depositar no país.

A Caminhada foi aberta pela Fanfarra Municipal Professor Uerliton Dias Perônico e seus portas bandeiras, em seguida veio  o Centro DIA com seu grupo Alegria de Viver, depois veio a Creche Maria Marques, logo após foi as Escolas do Campo, dando seguimento veio Fundamental I da Escola Municipal, logo depois veio o fundamental II da Escola Municipal Senador Humberto Lucena, a Escola Estadual Maria De Lourdes Meira fez sua participação, fechando o desfile veio a participação das igrejas evangélicas e do Samu.

A prefeita Rosalba Mota em seu discurso disse que se todos derem as mãos, fazer sua parte, e acreditar de verdade no Brasil, as coisas com certeza vão dá certo e o país vai voltar a crescer e melhorar a vida de todo nosso povo, a prefeita ainda falou do orgulho de estar presenciando um verdadeiro espetáculo patriótico, apresentado pela Caminhada Cívica que veio com todo orgulho para avenida dizer que acredita no Brasil.

« Voltar

NO SERTÃO

Prefeito de Matureia encaminha projeto de lei de ajuda financeira ao Hospital Napoleão Laureano

BOA NOTÍCIA

Engenheiro da Prefeitura de Patos explica como está o andamento das obras públicas na cidade

Veja também...

MENOS SAÚDE

Presidente da ASPAA diz que autista teve atendimento negado no Centro Especializado em Reabilitação de Patos

NO SERTÃO

MP arquiva inquérito que investigava ato de improbidade do prefeito Sales pela não realização do São João

SEM SORTUDO

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 120 milhões nesta quarta-feira