Compartilhe

Incêndio de grandes proporções atinge lixão e força-tarefa é montada em Patos

Por Epitácio Germano    Sexta-Feira, 14 de Setembro de 2018


Um incêndio de grandes proporções atingiu a área do lixão do município de Patos, no Sertão da Paraíba, na madrugada desta sexta-feira (14). O fogo no local não está controlado e segundo o Corpo de Bombeiros as causas que teriam provocado a situação são desconhecidas. Uma força-tarefa foi montada pela Prefeitura com auxílio de profissionais e o uso de máquinas para tentar combater o incêndio, mas até às 12h a situação seguia sem alteração.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Patos, tenente-coronel Saulo Laurentino, comentou  o procedimento realizado pelas equipes de trabalho no local em combate ao incêndio.“A situação do incêndio não está controlada apesar de todos os esforços das equipes que estão atuando no lixão e o procedimento de combate as chamas acontece partir da colocação de terra sobre o fogo causando o processo de abafamento. A  expectativa é de que nas próximas horas o trabalho cause efeito e até o final do dia o fogo seja controlado”, explicou 

Segundo o secretário de Meio Ambiente do município, Silvio Moreira, a alta temperatura e a baixa umidade podem ter contribuído para o fogo. “Havia alguns focos incêndio identificados, inclusive, o município realiza esse monitoramento na área e a situação não é mais grave, porque os resíduos do lixão estão separados, mas há naturalmente uma preocupação em questão do forte vento que pode agravar o incêndio”, disse. 

« Voltar

NO SERTÃO

Pacientes com Glaucoma voltam a ser assistidos pela Prefeitura de São Mamede

NO SERTÃO

Secretaria de Agricultura de São Mamede inicia cadastro para o corte de terras

Veja também...

NA PARAÍBA

Suspeito de participar de vídeo em que mulher é agredida e tem cabelos cortados é preso na PB

NA PARAÍBA

Família faz campanha para adquirir cadeira de rodas e moletas para gigante Ninão

FRAUDE

Polícia apreende dispositivos que 'pescam' depósitos em agências bancárias de Patos e mais três cidades