Compartilhe

Xuxa perde processo contra google para remover buscas sobre filme erótico

Por Notícias ao Minuto    Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018


A apresentadora Xuxa Meneghel, 55, teve um novo recurso negado em ação movida contra o Google para remover das buscas algumas palavras relacionando o nome dela ao filme “Amor, Estranho Amor”, de 1982, em que ela, aos 19 anos, interpretou uma garota de programa e seduzia um menino de 12 anos.

O processo foi julgado em segunda instância e a apresentadora não poderá mais recorrer. Procura nesta segunda-feira (9), a assessoria de Xuxa disse que não comenta assuntos jurídicos. A disputa judicial existia desde 2010.

Ela tentava remover das buscas frases relacionadas a seu nome com a palavra “pedofilia” e derivadas como “Xuxa pedófila” ou qualquer outra que associe “escrito parcial ou integralmente, e independentemente de grafia”.

Em maio do ano passado, o texto da decisão diz que “por unanimidade, após rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto” da desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento. Xuxa recorreu novamente e o processo foi encerrado no final de junho.

« Voltar

APOSENTADORIA

Galvão Bueno diz que essa pode ser sua última copa

NA TELONA

Após polêmica, Scarlett Johansson desiste de papel de homem trans

Veja também...

CONFISSÕES

Dupla de Simaria, Simone nega romance com mulheres no passado

APOSENTADORIA

Galvão Bueno diz que essa pode ser sua última copa

FORA DE CAMPO

STJD, ITC, BID... Flamengo tem desafios fora de campo para contar com Guerrero e Uribe