Compartilhe

Americana que nasceu com 244 gramas é o menor bebê do mundo a sobreviver

Por Globo.com    Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019


Uma menina que pesava 244 gramas e media 23 centímetros ao nascer foi anunciada como o menor bebê do mundo a sobreviver, informou na quarta-feira (29/5) uma maternidade de San Diego (Califórnia, EUA) após lhe dar alta cinco meses após ter ficado em cuidados intensivos.

A bebê, identificada como Saybie, nasceu em dezembro no Sharp Mary Birch Hospital for Women & Newborns, a maior maternidade do estado americano, o mesmo que uma maçã grande - 7 gramas menor que o do bebê que até então detinha o recorde, nascido na Alemanha.

"Foi o dia mais assustador da minha vida. Passei mal, achei que fosse da gravidez", disse a mãe da menina que pediu para manter preservada a identidade de sua família

"Disseram que tinha pré-eclâmpsia (complicação da gestação potencialmente severa que se caracteriza por pressão alta). Passava dos 200. Disseram que tinha que dar à luz rápido", lembrou ela. "Repetia 'não vai sobreviver, tem apenas 23 semanas'", completou.

Uma gravidez dura em média 40 semanas. Saybie nasceu de uma cesariana de emergência com 23 semanas e três dias de gestação.

Uma bebê "micro prematura" (menos de 28 semanas) enfrenta hemorragias cerebrais e problemas pulmonares e cardíacos, com pequenas chances de sobrevivência.

"Disseram ao meu marido que teria uma hora com ela e que em seguida morreria. Mas essa hora virou duas, e estas duas, um dia, e em seguida uma semana", contou a mãe em um vídeo divulgado pelo hospital.

 

Saybie levou 5 meses para ter alta
Saybie levou 5 meses para ter alta Foto: AFP

 

 

Saybie sorri ao deixar maternidade em San Diego
Saybie sorri ao deixar maternidade em San Diego Foto: AP

 

Teve alta pesando 2,26kg e 40cm, com boa saúde, segundo um comunicado do hospital.

Saybie tornou-se a menor recém-nascida do mundo a sobreviver ao parto, segundo registro da Universidade de Iowa.

"Cada vida é um milagre, mas aqueles que desafiam as possibilidades, o são ainda mais", disse à agência France Presse Edward Bell, médico pediatra que tem o registro.

 

'Disseram ao meu marido que teria uma hora com ela e que em seguida morreria', comentou a mãe sobre Saybie
'Disseram ao meu marido que teria uma hora com ela e que em seguida morreria', comentou a mãe sobre Saybie Foto: AP

 

 

Enfermeira segura Saybie
Enfermeira segura Saybie Foto: AFP

 

Abaixo, vídeo registra a odisseia de Saybie:

 

 

 

« Voltar

INUSITADO

Zebra rara com bolinhas no lugar de listras é fotografada no Quênia e faz sucesso na internet

TARDE DEMAIS

NASA admite ter detectado asteroide pouco antes de sua colisão com a Terra

Veja também...

Bruna Jaeger

Super ousada, ela faz o ensaio faz quente do ano

NA PARAÍBA

Pesquisador da UFPB cria aplicativo para facilitar tratamento de crianças autistas

NA CAPITAL

Prefeito de Malta entrega autorização das doações da população ao Hospital Laureano